sexta-feira, 28 de outubro de 2011

BARBARIDADE

A propósito de um mail, que ontem recebi de um amigo e camarada, e de que falarei no final, lembrei-me da minha vivência com Muçulmanos.

Foi durante a Guerra Colonial, na Guiné, que contactei com pessoas que professavam a religião islâmica. Foi um contacto forte, durou vinte e dois meses, vinte e quatro sobre vinte e quatro horas, ao ser  colocado num
Pelotão Africano com trinta e sete militares, sendo vinte e seis Muçulmanos. Foi fácil a integração ? Posso dizer que sim, respeitava-os nas suas convicções, eles respeitavam as nossas-brancos cristãos-seis no conjunto.
Muitos dizem que são fanáticos e extremistas...aqueles com quem andei, não o eram...eram sim, crentes convictos.
Recordo operações durante o Ramadão, cerca de um mês, em que desde o nascer ao pôr do Sol, não podem comer, beber, e fumar ( sexo também interdicto, mas este, em operações, estava excluído fosse qual fosse a época do ano ). Era doloroso, nas progressões no mato, aguentar à volta de doze horas sem comer... beber água ? bebiam  o mínimo possível, não aguentariam se o não fizessem. Sentia-me, de certo modo constrangido, porque eu e os outros cinco brancos, mais quatro negros animistas, íamos comendo ao longo do dia.

Chegados ao entardecer, quando instalávamos na mata para pernoitar, tiravam as botas e prostavam-se em oração, e várias vezes disse, se agora houver porrada vocês ficam descalços...
As rações de combate tinham alguns componentes à base de carne de porco, nesses eles não tocavam.
Todas estas situações eram, por mim, encaradas com a maior normalidade, e as relacções pessoais eram óptimas. Lembro-me do Mamadú Jau, um muçulmano dos mais convictos, que práticamente, me transportou às costas quando tive um colapso, soube depois, devido a uma baixíssima tensão arterial.
Voltei à Guiné em 2005, encontrei antigos militares que tinham estado comigo nos tempos da guerra...continuavam convictos na religião Islâmica, sem extremismos. Nas minhas deslocações, fui acompanhado pelo meu amigo SB, que há poucos dias me telefonou de Bissau a comunicar-me a sua ida a Meca neste ano de 2011, além da sua actividade profissional, é clérigo.

Mas aparecem sinais preocupantes
Em 2008, quando voltei à Guiné, comecei a notar hostilidade extremista, ou fundamentalista, logo em  Marrocos quando, na última noite neste País, numa espelunca chamada de hotel, em pleno Sahara, um tipo, aspecto talibã, lançava perigosos olhares vendo o que comíamos, e principalmente...bebíamos.
No dia seguinte, fronteira da República Islâmica da Mauritânea, mais uma complicação com um tipo fardado, militar ou polícia, não sei. Sabíamos que não se podia entrar com bebidas alcoólicas naquele País, assim sendo, as latas de cerveja (bastantes), íam camufladas. Passou-se a primeira barreira ( claro com ajuda de "prendas"), mas seguiu-se outra barreira, e aqui, apareceu um fundamentalista, meteu-se no carro onde eu ía, e descobre uma palete de cerveja...queria descarregar todos os carros, estava agressivo, mas
acabou por desistir a custo da ideia com a colaboração dos colegas. Na passagem por Nautchok, imensas burkas!!!
E voltei a ver burkas em Bissau!!! na zona de Bandim, num dia que acompanhava o meu amigo SB numa saída a Quinhamel. Notando que aquela visão me chocara, explicou-me: oh Santiago ! estás a ver são só seis, a minha mulher, que conheces bem, nunca usará isso, são uma minoria pertencente a uma pequena escola que aí existe,vinda da Mauritânea...

Cheguei ao mail enviado pelo meu amigo e camarada
Esta é uma foto  de Asia Noreen mais conhecida por Asia Bibi, uma camponesa do Pakistão, condenada à morte por enforcamento!!! É cristã!!!
A causa para o enforcamento é um crime, uma barbaridade...acusada de ter usado,para beber água,o mesmo púcaro,utilizado pelas suas companheiras de trabalho,muçulmanas, cometeu "blasfémia" acusam as autoridades do País que dava guarida ao Osama Bin Laden.

A história que pode ser lida em http://pt.wikipedia.org/wiki/Asia_Bibi chocou-me (não conhecia ),por ser cristão, e por ter conhecido, e conhecer muçulmanos, que não são assim bárbaros e assassinos.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

O DIRIGÍVEL

Ouvi há pouco, acho ter sido nas notícias da TVI, que foi apresentado na Maia, um projecto nacional para a construção de um Dirigível.
Veio-me à mente, alguns dizem retorcida, a canção, abaixo, do Chico Buarque, inserida na Ópera do Malandro...

e a sacrificada Geni pode ser Função Pública, Pensionistas...
Perfeito poderá ser o Governo...
Bispo, Banqueiro são eles mesmos
Comandante de zeppelin substituir por Troyka


terça-feira, 25 de outubro de 2011

HOJE ATÉ CONCORDO

Se há uma "casta" que pouco admiro, é a dos Juízes.

Também li, que houve "copianço" em exames de ingresso no CEJ.

Mas indicar este tipo
                                para o Conselho Geral do CEJ, após aquelas imagens do "gamanço" dos gravadores, não fica bem a quem o indicou. Penso, aqui da aldeia, se este Ricardo, tivesse um pouquinho de honra, ter-se-ía demitido após a visualização das imagens, e nunca mais se canditaria a deputado...não se demitiu e voltou a candidatar-se !!!
Desta vez, estou do lado das "reivindicações" dos Juízes !!!

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

FADA MÁ

Em tempos, propôs suspender a democracia !!!

Agora, propõe suspender o SNS e a Educação !!!

Esqueceu-se do Citigroup

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

QUARENTA E UM ANOS DEPOIS

Em 17 de Outubro de 1970, acordei no porto de Leixões, a bordo de um navio, no qual embarcara na véspera no cais de Alcântara em Lisboa. O destino era Bissau, Guiné, e era a Guerra.
O navio era misto, carga/passageiros, e a passagem por Leixões destinava-se ao embarque de mercadorias.
Estava angustiado, deixara a família em lágrimas, medo de não voltar, o futuro tornava-se incerto, mas tinha de aguentar, naqueles tempos, na idade que tinha, a Guerra agarrava-se à nossa pele. Andaram ou andavam por lá, vizinhos, colegas de escola, amigos. Fugir ? foi hipótese que nunca coloquei.
Vinte e dois meses de mato, sempre acompanhado de militares africanos negros...boa experiência...bons amigos.
A sorte protegeu-me, regressei sem mazelas no corpo, com algumas no espírito, com a certeza de que aquela Guerra, como todas do género, não teria solução militar...
Hoje, passados quarenta e um anos, volto a sentir-me angustiado, REVOLTADO, talvez mais que naquele Outubro de 1970.
Os meus filhos,ainda novos, sem expectativas de trabalho, qual o futuro que têm pela frente ? E não são só os meus, são imensos os jovens a mirarem horizontes negros e sombrios.Que fazer ?
Por estar aposentado, sexagenário, não me reformei de lutar, e até que me faltem as forças estarei pronto.

Acredito, e quero continuar a acreditar na Democracia, mas será que este tipo de democracia parlamentar, irá resolver os nossos problemas ?
Temos uma amante cara, Europa, que a partir de 85, 86, nos obrigou a construir auto-estradas, SCTU's, CCB (pouca utilidade), estádios (às moscas) PPP's...pagou para destruir a frota pesqueira, e o capataz da altura,agora PR,fala  de nos virar-mos para o mar, pagou para o abandono da terra, gastou-se e alguns enriqueceram com as chamadas Acções de Formação, que muitas vezes não formaram nada. Isto passou-se, foram governos PS-PSD-PS-PSD/CDS-PS-PSD/CDS, todos rodaram pela gamela do PODER, todos foram gastando.
E chegámos à actualidade, um PM, coelho saído da cartola do Eng.Correia, antes de ir para S.Bento, andou a proclamar-subir impostos? nem pensar!!! o povo já estava sobrecarregado-acabar com o 13ºmês??? isso era conversa dos adversários !!! ALDRABÃO !!! Subiram-se impostos, acabam-se 13ºmês,subsídio de férias, o SNS...a eliminar, a Educação...há que baixar o nível...

Estamos a ser ROUBADOS em nome de uma troyka, o IN encontra-se em Bruxelas,Berlim,Paris, o Coelho é o Capo da chancelerina, quer mostrar serviço, e sabemos, que nos campos de concentração nazis, os capos,normalmente,eram muito mais ferozes que os próprios guardas.

Apareceram os INDIGNADOS, movimento sem comando partidário. Não têm Programa ?  Mas para que serve o Programa? Os partidos usam apresentar um programa, antes de eleições, de imediato o esquecem quando ganham.
Os políticos "profissionais"-todos eles-não gostam destes movimentos que lhes escapam, gostam quando se passam no Egipto, na Tunísia, não cá.
Dirão alguns, que há o PC, o BE, em contraponto ao Poder...não servem para nada, estão anquilosados, caquéticos, as eleições na Madeira mostraram-no. O que são os PC's na actualidade ? exemplo...Liang Wengen, o tipo mais rico da República (dita Popular) da China, com uma fortuna calculada em 10000 milhões de dólares,foi proposto,e vai tomar acento no Comité Central do PCC no decorrer do XVIII Congresso em 2012 !!! Sintomático!!!

Em Junho votei Branco...estou pronto para o Protesto

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

VAI-TE...

"O sociólogo António Barreto admite que Portugal deixe de existir como estado independente"

Também assim pensaria, em 1635, o futuro Secretário de Estado da Duquesa de Mântua

terça-feira, 11 de outubro de 2011

ESCREVO EM PORTUGUÊS

Há dois dias,recebi um mail de um amigo,em que me pedia um esclarecimento,já dado,e interrogava-me sobre a razão de não escrever segundo a nova ortografia ??? Vou tentar explicar-me.

Éntrei para a Escola Primária,hoje julgo chamar-se 1º Ciclo,ou será Ensino Básico ?,há 57 anos e até estes dias,sempre escrevi com a ortografia que estou usando,salvo algumas excepções,escrevia Victor e Baptista,passei a escrever Vitor e Batista,não sei se devido a algum acordo...lembrei-me agora,tive um colega chamado David,sem e.

Tenho lido por aí textos interessantes,mas com pouco conteúdo,a contestar o Novo Acordo Ortográfico.Há uns que dizem que estão a impôr ao povo português,e à sua cultura uma ortografia incorrecta,outros dizem que se acrescentaram letras ( K,W ) que não fazem parte da tradição escrita em português.De linguística nada percebo, e vou continuar a escrever sem respeitar,por hábito,por facilidade,por já estar velho,o acordo
ortográfico,mas não concordo com muitas das afirmações dos anti-acordo.
Quem diz,o acordo impõe ao Povo Português uma ortografia incorrecta,está a esquecer os outros Povos que falam a nossa língua,e ao querer-lhes impor o Português de Portugal,estaríamos a patircipar num "neo-colonialismo" linguístico...
Acontece,fazer uma busca na net,e aparecer o assunto procurado com a indicação de escrito em português do Brasil. Isto,penso,irá acabar devido ao tal acordo,o Português, a língua portuguesa,não é do Brasil,nem de Portugal,é de todos os Povos que a falam.

Quanto às letras K e W, é verdade que não vinham no abecedário que nos foi ensinado,mas não é verdade que elas não existissem na escrita em português de Portugal...esquecendo Kg,Km...conheço duas pessoas,já idosas que se chamam Wilson,assim mesmo,não Uilson,e também tive um instruendo,na Guiné,que se chamava Fafe Nekumba,leiam Necumba,mas não era esta a grafia do documento de identificação.

Passou um século sobre um outro acordo ortográfico,antes dele era Pharmácia,Prohibido,Archeologia, Christão.Não sei,mas é possível que em 1911,também tenham aparecido vozes contra a nova ortografia,mas o Português (língua) não morreu,continuou vivo,e...continuará.

Continuarei a escrever à antiga,mas saúdo os tipos da minha idade que se adaptaram à nova escrita.
Correcto ou correto,a falar nos entendemos!!!

sábado, 8 de outubro de 2011

FUMEMOS

O sr. Silva,médico e bastonário,disse: "os fumadores pagam os custos na saúde que desencadeiam directa e indectamente"o que o Estado ganha com os impostos sobre o tabaco é "cerca de 1500 milhões  de euros por ano". Os custos do SNS com os fumadores rondam os "mil milhões de euros"
E disse mais, "morrem (os fumadores) em média oito anos mais cedo, e assim, vão receber "menos oito anos de reformas"

Após ler aquelas doutas afirmações,veio-me à memória,um médico que conheci quando estive na guerra na Guiné.
Um dia "espalhei-me ao comprido".Verificou-se que tinha a tensão arterial  a 4,5-7,5.Terapia receitada pelo médico,hoje psiquiatra,"descanso de um dia,bebendo ao longo deste,uma garrafa de...wisky"
Curiosamente,este médico,talvez caso único,passado pouco tempo,apanhou dez dias de prisão disciplinar...não foi pela terapia que me receitou...foram outras mais traumáticas...

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

WALL STREET

Desde 17 de Setembro,o movimento Occupy Wall Street,não parou de se manifestar em New York,ali mesmo junto do pulmão financeiro.Agora já não só na Big Apple,também noutras cidades dos USA.
Num dos últimos dias,foram detidos 700 manifestantes,quando o movimento bloqueou uma das pontes de Brooklyn.

Cá em Portugal,o que dizem os media sobre o assunto??? Nada!!! Há um manto de silêncio!Compreende-se,temos a Grécia à mão,para que precisamos das manifestações das cidades americanas...como poderiam os "nossos governantes" dizer que em 2013 começaremos a levantar a cabeça se ao mesmo tempo passassem imagens,ou saíssem notícias escritas sobre o movimento de protesto em Wall Street ? Era o descrédito...felizmente (para os políticos) a imprensa e as TV's comportam-se como rafeiros mansos perante o Poder.

Mas chegará um dia em que a castanha vai estalar

terça-feira, 4 de outubro de 2011

ELES MERECEM

Li hoje no DN on line:
A Duma Estatal (câmara baixa do Parlamento Russo) aprovou hoje na generalidade um projecto-lei do Presidente Dimitri Medvedev que determina a castração química de pedófilos...

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

IMPOSTOS


                     O peixe
Tendo por berço o lago cristalino,
folga o peixe,a nadar todo inocente,
medo ou receio do porvir não sente,
pois vive incauto do fatal destino.

Se na ponta de um fio longo e fino
a isca avista,ferra-a inconsciente,
ficando o pobre peixe de repente,
preso ao anzol do pescador ladino.

O camponês,também,do nosso Estado,
ante a campanha eleitoral,coitado!
Daquele peixe tem a mesma sorte

Antes do pleito,festa,riso e gosto.
Depois do pleito,imposto e mais imposto.
Pobre matuto do sertão do Norte!

Patativa do Assaré (1909-2002) poeta popular brasileiro

domingo, 2 de outubro de 2011

BOA MALHA

Gostei do jogo França-Tonga que terminou com a humilhante derrota dos Franceses perante o querer e a força da Selecção do Pacífico Sul.
A Selecção Francesa, com excelentes jogadores, anda desorientada,nota-se que falta alguém, talvez o Chabal que o selecionador deixou em França. A derrota podia ser mais pesada, e pouco fizeram para conquistar o ponto bónus.
Vão iniciar-se os oitavos de final, onde teremos um jogo de "inimigos", Inglaterra-França.Um deles passará à fase seguinte...

Adenda-Não foi necessário a Nova Zelândia construir qualquer estádio para a realização deste Rugby Wordl Cup, utilizaram-se os que já existiam.Comparando com o que se passou por cá para realizar o Europeu de Futebol de 2004,onde o número de adeptos foi inferior ao desta Taça do Mundo,chegamos à conclusão,que este meu País tinha de chegar a esta fossa onde nos encontramos...falidos mas armados em ricos